13 de Abril de 2021

Batom Vermelho



MARIA ALICE XIMENES
CEO | Bureau Moda & Mercado


Reprodução

1. Por que, no início do século 20, o batom vermelho se tornou sinônimo de devassidão e libertinagem? Atrizes e prostitutas passaram a usar por algum motivo específico? No início do século XX ainda se carregava o valor do pudor e da estética da beleza frágil e submissa da mulher da Belle Époque. Ela deveria ser pálida e de aspecto doentio. Essas características eram imprescindíveis para a burguesa contrair o matrimônio, mas atrizes e prostitutas costumavam usar maquiagem forte e o batom vermelho aparece em muitas telas de Tolouse Lautrec. O batom vermelho era considerado teatral, somente indicado para ser usado nos palcos, porém a atriz Sarah Bernhardt passou a usá-lo publicamente. As prostitutas ou “demi-mondaines”, termo francês que designava mulheres daquela época que eram sustentadas por homens ricos, usavam batons vermelhos na luz do dia. Na época era sinal de rebeldia aos valores patriarcais dos bons costumes e forma de burlar as regras da convenção das “boas moças de família”. Na realidade elas se tornavam mais atraentes e essa era a intenção. 2. Na sua opinião, qual foi o ícone, a "embaixadora" do batom vermelho? Além da Guerlain, que o inventou, há uma marca que o difundiu e popularizou? Sem dúvida alguma, a Max Factor. Ela tem uma história muito bonita com o Cinema, pois iniciou servindo o cinema, fazendo perucas e maquiagem pesada, mas se aperfeiçoou de tal maneira que se tornou a maquiagem das “Divas de Hollywood”. E quando falamos em maquiagem de cinema e de atrizes, o que rapidamente associamos? Batom vermelho! Rita Hayworth, Marilyn Monroe, Ava Gardner, entre outras poderosas tem como marca registrada o sorriso com o batom vermelho! Penso que nem o próprio judeu Maksymiliam Faktorowicz pioneiro e criador da marca imaginou que de uma pequena produção chegaria ao renome alcançado e repercussão dos rostos mais famosos que iriam ilustrar seu nome. Atualmente existe até um museu da marca. 3. Quando o batom vermelho tornou-se sinal de transgressão e rompimento de padrões? Você acha que ele ajuda a empoderar a mulher? Na década de 1920, época de emancipação feminina, de quebra de paradigmas, de encurtamento das saias e de mulheres trabalhando fora, o pós Guerra (I Guerra Mundial) provou uma reflexão feminina e as mulheres passaram a reivindicar o voto e muitos direitos. Mas tudo isso se cristalizou na década de 20 com a ajuda do Cinema Mudo. A atriz Louise Brooks foi uma inspiração. Na realidade atores e atrizes maquiavam muito os olhos e a boca para acentuar a expressão e no rosto da atriz isso se tornou influência estética de beleza. Então a tendência era o batom era vermelho escuro. Penso que uma mulher de batom vermelho se afirma forte! Mesmo sendo tendência na atualidade não é para toda mulher, tem que ter atitude, ser conhecida por” aquela que usa batom vermelho”. Não apenas porque está na moda, mas porque ela consegue usar sempre! 4. Você acha que o batom vermelho carrega um simbolismo? Qual? A boca é o símbolo de Eros e seus encantadores beijos, a boca feminina de batom vermelho tem forte apelo de objeto de beleza e de moda, mas também de erotismo e sensualidade.   *Entrevista concedida para a Mirela Mazolla para a Rede Natura em 13 de abril de 2013.
VOLTAR

Nossos Clientes
Faça-nos uma visita
Rua 30 de julho, 921, sala 4
Vila Jones - Americana/SP
Siga-nos nas redes sociais
@bureaumodamercado
Entre em contato
contato@bureaumodamercado.com.br
19 99795-1032

Bureau Moda&Mercado - 2021
Desenvolvido por AOX Marketing
Bureau Moda&Mercado - 2021 - Desenvolvido por AOX Marketing